*

Atualidades / Geografia para concursos e Enem - BLOG do Professor Henrique Mamede

Blog com temas geográficos e atualidades voltado para estudantes, professores e candidatos ao Enem.

domingo, 4 de novembro de 2018

Tema redação Enem 2018

Tema da redação do Enem 2018 é manipulação na internet por meio do uso de dados

quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Gabarito comentado questões Enem 2018 Geo

1 - Sequencia: VVFVV

Comentário: F - Falso pois períodos glaciares são MAIS frios!

2 - C.

Comentário: Meeiro é o agricultor que trabalha em terras que pertencem a outra pessoa. Em geral o meeiro ocupa-se de todo o trabalho, e reparte com o dono da terra o resultado da produção.

3 - D.

Comentário: O texto relaciona-se com tempo e clima duas grandezas da climatologia.

4 - FFVVV

Comentário: A primeira é considerada falso, pois o nosso território não esta completamente a meridional, o território brasileiro possui terras em meridional e setentrional sendo essa última em maior porção cerca de 93%. A segunda também é falso, pois Chuí no RS e Caburaí em RR estão no sentido S e N.

5 - C.

Comentário: O Gnaisse é considerada uma rocha metamórfica, rochas metamórficas são geralmente são formadas por transformações físicas e/ou químicas sofridas por outras rochas, através de minerais.

6 - D.

Comentário: Rocha vulcânica, é uma rocha ígnea de origem vulcânica, é um tipo de rocha que se forma por arrefecimento do magma, é extrusiva. O magma superficial denomina-se lava e é expelido normalmente através de estruturas características denominadas vulcões.

7 - A.

Comentário: Estudos evidenciam que o fenômeno do El ninho ocorre a muito tempo em nosso planeta, o que pode estar compreendido dentro dos eventos climáticos cíclicos.

8 - B.

Comentário: na escala cartográfica cada 20cm no mapa equivale a x 100.000 mm o que daria 20km transformando em metros e depois em km a mesma coisa para 30cm que aparece no exercício.

9 - C.

Comentário: 

10 - A.

comentário: Argentina e Uruguai não tem relação direta com a hidrelétrica binacional de Itaipu.

11 - 
Comentário: a)Os problemas sócio-ambientais resultantes da instalação de grandes barragens são: Ocorre a desocupação ribeirinha "forçando-os" a migrar para uma outra região e alagamento de extensas áreas para instalação das hidrelétricas. 

b)As hidrelétricas são fontes de energia renováveis pois utilizam recursos capazes de se regeneraram naturalmente, mas também provocam alguns danos ambientais. 

c)São países com vastos territórios e grande quantidade de rios longos.

12 - A. 

Comentário: Paris encontra-se no primeiro fuso horário a leste ou seja diferença de 4 horas de Leste para Oeste se o jogo começou as 21 horas em SP 21 + 4: 25 horas = 01 da manhã do dia seguinte. a questão gera dúvida e foi mal formulada pois se tivesse em horário de verão o resultado seria diferente!



segunda-feira, 29 de outubro de 2018

LISTA EXERCICIOS ENEM 2018

1. UNIR RO/2009

Sobre as variações climáticas ao longo das eras geológicas, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas.


(   )  O clima da terra sempre apresentou períodos glaciais e interglaciais.
(   )  O homem apareceu na superfície da terra na era Cenozóica, no Quaternário, em um período interglacial.
(   )  Os períodos glaciais são mais quentes que os interglaciais por apresentarem elevadas temperatura e umidade relativa.
(   )  Na era Paleozóica, ocorreu o desenvolvimento dos peixes e da vegetação durante a glaciação.
(   )  Antes do aparecimento do homem, a terra já apresentava mudanças climáticas naturais.


2.(UFRRJ/2006)

No espaço rural brasileiro, a estrutura fundiária ainda se encontra muito concentrada, e as relações de trabalho acham-se muito desiguais. Neste espaço, há diversos atores sociais.

Aponte a opção abaixo em que o conceito relacionado a relações de trabalho não está correta:

a) Bóia-fria – trabalhador que exerce sua função de forma temporária.
b) Pequeno proprietário – lavradores que trabalham em base familiar.
c) Meeiro – aquele que trabalha na terra de outro proprietário, ficando com a terça parte da produção.
d) Arrendatário – aquele que “aluga” a terra e paga em dinheiro.
e) Gato – pessoa responsável que arregimenta e transporta trabalhadores temporários.


3.(Fundação Instituto de Educação de Barueri SP/2016)

A primeira corresponde a uma situação transitória da atmosfera, com mudanças diárias e até horárias, ao passo que a segunda se define por padrões estabelecidos após trinta anos de observações, apresentando portanto, no mínimo, um perfil relativamente estável.

(José Bueno Conti e Sueli Angelo Furlan. Geoecologia: o
clima, os solos e a biota. In. Jurandyr Ross. Geografia do Brasil. 1998. Adaptado)


O texto apresentado designa, respectivamente, a diferença entre

a) temperatura e frente fria.
b) tempo e precipitação.
c) precipitação e frente fria.
d) tempo e clima.
e) clima e estação do ano.

4. (ENEM) Analise as afirmativas sobre a posição geográfica do Brasil e marque (V) para as verdadeiras e (F) para as falsas.

( ) O território brasileiro está totalmente ao sul da linha do Equador, portanto, o país pertence somente ao Hemisfério meridional.
( ) Os extremos do território do Brasil no sentido leste-oeste são: Monte Caburaí (Roraima) e Arroio Chuí (Rio Grande do Sul).
( ) O Brasil pertence ao Hemisfério ocidental, visto que o país está situado a oeste do meridiano de Greenwich.
( ) O Trópico de Capricórnio “corta” o território brasileiro na sua porção sul.
( ) Cortado ao norte pela linha do Equador, o Brasil possui 7% do seu território no Hemisfério setentrional e 93% no Hemisfério meridional.

5. (Unievangélica GO/2014)

As rochas metamórficas são formadas sob altas temperaturas e pressão nas profundezas da crosta terrestre e no manto superior. Um exemplo desse tipo de rocha, e o seu processo formador são, respectivamente,

a) mármore, cristalização/solidificação de magma ou lava.
b) granito, resfriamento do magma advindo de erupções vulcânicas.
c) gnaisse, recristalização em estado sólido de novos minerais.
d) arenito, processo de deposição, soterramento e litificação.

6. (UFRGS/2017)

Considere as afirmações abaixo, sobre os tipos de rochas encontrados na crosta terrestre.

I. Rochas ígneas, formadas pela solidificação do magma em profundidade, são chamadas de vulcânicas.
II. Rochas sedimentares são formadas a partir da deposição e da litificação de fragmentos de outras rochas da superfície terrestre que sofreram intemperismo e erosão.
III. Rochas metamórficas são formadas a partir da transformação de rochas preexistentes, submetidas a grandes pressões e a grandes temperaturas.

Quais estão corretas?

a) Apenas I.
b) Apenas II.
c) Apenas III.
d) Apenas II e III.
e) I, II e III.

7. (UFPR/2017)

O El Niño é um evento de teleconexão oceano-atmosfera caracterizado por anomalias positivas das águas superficiais e profundas nas porções central e leste do oceano Pacífico equatorial. As áreas mais fortemente influenciadas são as Américas, Ásia e Oceania, regiões essas que margeiam o oceano supracitado, alterando a dinâmica tanto das correntes marítimas quanto da circulação atmosférica regional e global. Essa alteração assume dimensões continentais e planetárias à medida que provoca desarranjos de toda a ordem em vários climas da Terra.

(Mendonça, F.; Danni-Oliveira, I. M. Climatologia: noções básicas e
climas do Brasil. São Paulo: Oficina de Texto, 2007).


Sobre o El Niño e a dinâmica climática global, é correto afirmar:

a) É considerado uma variabilidade natural existente há milhares de anos, com relatos históricos de ocorrência nas civilizações pré-colombianas, e que pode ter seus efeitos intensificados devido às mudanças climáticas.
b) Está associado ao aumento de atividade sísmica no oceano Pacífico equatorial, que emite grande quantidade de calor no assoalho oceânico, provocando o aquecimento das águas superficiais.
c) Tem relação direta com o aumento do fluxo de raios cósmicos durante os períodos de baixa atividade solar, permitindo maior entrada desse tipo de radiação em nosso sistema e alterando a dinâmica atmosférica.
d) É o responsável pela existência do clima semiárido no sertão nordestino, principalmente devido ao ramo divergente da célula de Walker que ocorre sobre a região.
e) As anomalias que produzem o El Niño são decorrentes de atividades humanas, principalmente devido às emissões de GEE (gases de efeito estufa) provenientes da queima de combustíveis fósseis industriais e veiculares.

8. (UNIRG TO/2018)

Distâncias e áreas na superfície terrestre podem ser facilmente representadas em dimensões reduzidas por meio de cartas e mapas. Considerando-se que um determinado retângulo possui as dimensões de 20 cm x 30 cm em um mapa na escala 1:100.000, pode-se afirmar que, na realidade, o mesmo retângulo possui, respectivamente dimensões e área de:

a) 40 km e 60 km; e 5.000 ha.
b) 20 km e 30 km; e 60.000 ha.
c) 200 km e 300 km; e 600 km².
d) 20.000 m e 30.000 m; e 1.200 km².
e) 20 km e 30 km; e 30.000 ha.

9. (UNIT AL/2016)

Sobre a hidrografia e as bacias hidrográficas, marque V nas afirmativas verdadeiras e F, nas falsas.

(   )  As zonas de dispersão de águas localizam-se nas áreas cujo relevo apresenta maior altimetria.
(   )  As nascentes dos rios surgem quando o nível freático atinge a superfície.
(   )  A ausência de lagos tectônicos no Brasil pode ser explicada pela composição das rochas e pela origem do relevo.
(   )  As bacias hidrográficas brasileiras possuem drenagem endorreica e regime misto.
(   )  Os principais rios da bacia do Tocantins nascem nos divisores de água da Região Norte e nela se localiza a hidrelétrica de Tucuruí.

 A alternativa que indica a sequência correta, de cima para baixo, é a

  F V V F V
  V F F V F
  V V F F F
  F F V V V
  V V F V F

10 . Responder à questão com base nas afirmativas abaixo, referentes à hidroelétrica de ltaipu.

I. Localiza-se no Rio Paraná, próximo à foz do Rio Iguaçu, representando a maior produção de energia hidroelétrica do país.
II. É uma hidroelétrica binacional, cujo tratado prevê que a energia não consumida por um dos sócios só pode ser vendida ao outro.
III. A energia produzida é fundamental ao desenvolvimento industrial da Argentina, geopoliticamente favorecida pela construção do lago artificial.
IV. O Uruguai, sendo um país não muito populoso e pouco industrializado, consome apenas uma pequena parte da energia provinda de Itaipu, exportando o restante para o Brasil.

Pela análise das afirmativas, conclui-se que estão corretas as da alternativa
a) I e II
b) I, II e III
c) I, III e IV
d) II e IV
e) III e IV

11. O Brasil, a Rússia, o Canadá e os Estados Unidos são países que têm grande potencial hidrelétrico, o que facilita a obtenção de energia elétrica. A obtenção de energia através da hidreletricidade é uma alternativa de abastecimento energético menos comprometedora para o meio ambiente. Mesmo assim, ocorrem impactos socioambientais, principalmente quando se opta por grandes barragens.

a) Quais são os problemas sócio-ambientais resultantes da instalação de grandes barragens?

b) Por que essa fonte energética é menos comprometedora para o meio ambiente?

c) Que aspectos geográficos explicam o grande potencial hidrelétrico dos países acima mencionados?


12. (UDESC SC/2011)



Observe o mapa com os fusos horários.

Considerando um jogo de futebol cuja partida inicia em São Paulo, às 21 horas, assinale a alternativa que contém a hora em que este mesmo jogo será visto ao vivo em Paris.

a) O jogo será visto em Paris à 1 hora da manhã do dia seguinte.
b) O jogo será visto em Paris às 2 horas da tarde do outro dia.
c) O jogo será visto em Paris quando lá forem 21 horas.
d) Como existem cinco fusos horários de diferença entre São Paulo e Paris, o jogo será visto em Paris às 16 horas do mesmo dia.
e)  O jogo será visto em Paris no mesmo dia que em São Paulo, às 17 horas.

segunda-feira, 1 de outubro de 2018

92º Aniversário de Milton Santos

Milton Santos ganha homenagem do Google

 A geografia não é geralmente considerada uma disciplina acadêmica controversa. Mas o estudioso brasileiro Milton Santos criou uma escola de pensamento diferente que via a geografia em sua totalidade, investida de significado e valor críticos. Durante uma carreira que durou mais de 50 anos, Santos defendeu uma “Nova Geografia” que abrangia mais do que as características físicas da Terra, abordando a vida das pessoas que vivem lá, bem como a distribuição de espaço e recursos que molda sua vida.

 Nascido em 3 de maio de 1926, no bairro de Brotas de Macaúbas, na Bahia, Santos era filho de dois professores do ensino fundamental e, como resultado, foi educado em casa. Embora o ensino superior não fosse facilmente acessível a Santos, ele foi motivado a estudar, pelas lembranças de seu pai, que eles descendiam de escravos. Santos continuou sua busca pela educação ensinando geografia do ensino médio para pagar suas mensalidades universitárias. Em 1958 obteve seu doutorado em Geografia pela Universidade de Estrasburgo, retornando da França para lecionar na Universidade Católica de Salvador e na Universidade Federal da Bahia.

 Depois de décadas de contribuições para o seu campo, Santos tornou-se o primeiro brasileiro a ganhar o Prêmio Vautrin Lud International Geography, conhecido como o “Prêmio Nobel de Geografia” – em 1994. O prestigioso prêmio nunca foi concedido a um estudioso que escreveu em um idioma além do inglês. Nunca para descansar sobre os louros, a busca de Santos por conhecimento continuou com seu livro inovador The Nature of Space , que ganhou o Prêmio Jabuti do Brasil em 1997. Nesse mesmo ano ele também recebeu o título de Professor Emérito da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo.

 Nem a velhice nem a doença amorteceram sua paixão pelas idéias em que acreditava. Em julho de 2000, Santos e alguns de seus alunos da Universidade de São Paulo publicaram um panfleto intitulado “O papel ativo da geografia: um manifesto”, que distribuíram em uma reunião nacional de geógrafos brasileiros. O texto provocativo desencadeou um debate apaixonado, assim como Santos pretendia sobre os efeitos sociais de uma dada geografia.

 Embora seu trabalho ainda não tenha sido tão amplamente traduzido e distribuído como ele gostaria, o legado de Santos se destaca como um estudioso brilhante que se importava profundamente com as formas de criar um mundo melhor para toda a humanidade.

Fonte: https://istoe.com.br/milton-santos-ganha-homenagem-do-google/

quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Questões de Geografia do Vestibular Fuvest 2018 - 2ª fase - Resolução Comentada

Questão 01 / Fuvest 2018 - Observe, na imagem noturna obtida por satélite, os limites territoriais do país A e países fronteiriços.


a) Identifique o país A e cite uma razão para o fato de esse país, comparativamente a seus fronteiriços, aparecer na imagem como se estivesse às escuras. 

b) Explique, citando ao menos dois argumentos de ordem geopolítica, por que os EUA e alguns países da Europa Ocidental consideram esse país uma ameaça global e regional.

Questão 02 / Fuvest 2018 - A Lei de Terras, de 1850, e a legislação subsequente codificaram os interesses combinados de fazendeiros e comerciantes, instituindo as garantias legais e judiciais de continuidade do padrão de exploração da força de trabalho, mesmo que o cativeiro entrasse em colapso. Na iminência de transformações nas condições do regime escravista, que poderiam comprometer a sujeição do trabalhador, criavam as peculiares condições que garantissem, ao menos, a sujeição do trabalho na produção do café. 
José de Souza Martins, 
O cativeiro da terra, 1979. Adaptado.
a) Considerando o contexto social de transformações a que se refere o autor, explique os interesses combinados de fazendeiros e comerciantes que se codificaram na promulgação da Lei de Terras de 1850. 
b) Cite e explique um impacto da abolição da escravidão em relação aos processos de urbanização e de industrialização.

Questão 03 / Fuvest 2018 - A concentração da energia solar só acontece com a irradiação solar direta. Locais com uma disponibilidade de irradiação solar anual acima de 2000 kWh/m2 ano e baixa nebulosidade apresentam potencial para a geração heliotérmica (geração de energia elétrica a partir do aproveitamento térmico da energia solar).
Considerando o mapa, responda: 
a) Qual é a região brasileira com maior potencial heliotérmico para absorção de energia solar? Explique o potencial heliotérmico da região Amazônica. 
b) Cite duas vantagens da geração heliotérmica de eletricidade e explique uma dessas vantagens em comparação com outras fontes de energia utilizadas para esse fim.

Questão 04 / Fuvest 2018 - Estudos sobre os megaeventos esportivos têm demonstrado seu caráter indutor de significativas transformações urbanas nas cidades que sediam os Jogos Olímpicos. Tais intervenções urbanas são realizadas a partir de investimentos financeiros na melhoria de infraestruturas e imagem dessas cidades. De modo geral, esses megaeventos articulam interesses governamentais, industriais e empresariais. Considerando o exemplo dos Jogos Olímpicos realizados em 2015 na cidade do Rio de Janeiro, atenda ao que se pede. 
a) Explique dois impactos dos Jogos Olímpicos na capital fluminense no que se refere à mercantilização da cidade. 
b) Cite dois exemplos de estratégias urbanas relacionadas aos interesses governamentais e empresariais.

Questão 05 / Fuvest 2018 - O mapa representa a Rodovia Interoceânica, conhecida no Brasil como BR-317. Na parte destacada no retângulo, está o trecho dessa estrada que vem sendo utilizado (de forma mais acentuada, de 2010 a 2015) como porta de entrada para o Brasil, de grupos de migrantes vindos da América Central.
a) Identifique o país de origem desse fluxo recente e explique, citando uma razão de natureza física e outra social, para a migração. 
b) Explique por que a entrada no Brasil se dá por esse trecho específico da estrada mencionada, considerando, dentre outros elementos, algumas de suas características físicas.

Questão 05 / Fuvest 2018 - Analise o diagrama.
a) Identifique os processos formadores de rochas das fases III e VIb e cite um exemplo de rocha para cada uma dessas fases. 
b) Explique a relação entre uma das rochas citadas e o relevo característico dessa rocha, utilizando-se de exemplo no Estado de São Paulo.
Resolução Comentada:
01 - 
a) O país A é a República Popular Democrática da Coreia ou Coreia do Norte. A escuridão aparente do território norte-coreano, comparado com seus vizinhos, China – na porção setentrional – e Coreia do Sul na porção meridional, deve-se ao fato de o país ser economicamente menos desenvolvido, pouco urbanizado, apresentar menor desenvolvimento da infraestrutura energética, decorrente de seu menor padrão de consumo, da menor amplitude de seu parque industrial, da prevalência de população rural – fator de dispersão da população – , além do racionamento na oferta e no consumo de energia – direcionada para os incipientes setores produtivos.
b) A Coreia do Norte é considerada uma ameaça global e regional pelos Estados Unidos e por seus aliados europeus ocidentais por desenvolver um programa nuclear bélico, de forma mais intensa, e de ter-se retirado do TNP – Tratado para a Não Proliferação de Armas Nucelares – e por desenvolver tecnologia de armamentos, especialmente mísseis de médio e de longo alcance, além de tecnologia para lançamento a partir de plataformas móveis – submarinos – e por testar armamentos em áreas de fronteira, inclusive; por violar direitos da pessoa humana, desrespeitando legislação interna cional e as determinações da ONU – Organização das Nações Unidas. A Coreia do Norte constitui uma ameaça, pois sua política externa – considerada hostil à paz mundial – pode levar a um conflito que envolveria imediatamente o Extremo Oriente asiático – Japão, Coreia do Sul, China, Rússia e, por extensão, os Estados Unidos, com potencial para a disseminação por todo o mundo.

02 - 
a) Com a promulgação da Lei de Terras, de 1850, criava-se o conceito de propriedade privada da terra, impedindo que os despossuídos, principalmente os escravos libertos, tivessem acesso livre à terra, reduzindo, assim, os conflitos quanto à sua posse. Isso assegurava a preservação hereditária da terra, bem como a estrutura fundiária vigente, baseada no latifúndio. A Lei de Terras, de 1850, levou também a grande maioria dos despossuídos, fossem eles antigos escravos ou imigrantes, a se oferecer apenas como mão de obra assalariada nas condições mais precárias. 
b) A abolição liberou a antiga mão de obra escrava para atividades desqualificadas nas cidades, dirigindo-se esse trabalhador para funções de baixa remuneração em diversas atividades, como na indústria. A abolição da escravidão criou, assim, um “exército de mão de obra reserva” que pressionou na manutenção dos baixos salários. O fluxo de escravos acabou por intensificar o crescimento das cidades, principalmente nas áreas de uso de solo mais barato, aumentando o número de habitações subnormais como os cortiços, por exemplo.

03 - 
a) A região brasileira com maior potencial heliotérmico corresponde ao Sertão Nordestino e Mineiro ou Depressão São Franciscana. A Região Amazônica, com exceção do norte de Roraima, apresenta baixo potencial heliotérmico em razão da elevada nebulosidade, consequência da intensa evapotranspiração de sua densa floresta e dos sistemas atmosféricos da convergência intertropical.
b) São vantagens do modelo heliotérmico de geração de energia: ser renovável e de baixo impacto ambiental. Em comparação com outras fontes de energia, podemos estabelecer as seguintes relações: As usinas hidroelétricas produzem alto impacto em relação aos recursos hídricos, uma vez que o represamento das águas pode gerar perdas de fauna e de flora, além de alterar o fluxo hídrico e de sedimentos. A nuclear é fonte não renovável e, embora não gere poluição atmosférica, pode provocar graves impactos ambientais devido à possibilidade de acidentes e à destinação do lixo nuclear. A biomassa, apesar de renovável, provoca eliminação de CO2 na atmosfera por causa da queima de matéria orgânica. O uso de petróleo, fonte não renovável de energia, lança grande quantidade de poluentes na atmosfera. O etanol provoca a expansão do plantio de cana de açúcar, o que colabora para o aumento de queimadas e para a maior concentração fundiária.

04 - 
a) Entre os impactos gerados pelos Jogos Olímpicos quanto à mercantilização da cidade, pode-se citar a reocupação e o reordenação do espaço urbano, com a eliminação de áreas de ocupação subnormal (favelas) favorecendo a especulação imobiliária. Cita-se também a revitalização das áreas portuárias, o que beneficiou o sistema de transportes e incrementou a atividade turística (como exemplo, a criação dos Museus do Amanhã e do Mar). Também a criação do BRT e do VLT, sistemas de transportes urbanos, facilitou o acesso da população ao trabalho e às áreas de comércio. 
b) Entre as estratégias urbanas governamentais e empresariais, podem-se citar alterações nas leis de uso do solo urbano, o que permitiu a revalorização de áreas e a remoção de ocupações subnormais; a construção de vias expressas e ciclovias e as tentativas de pacificação de favelas.

05 - 
a) O principal país de emigração da América Central para o Brasil é o Haiti. O fator social que explica esse movimento migratório são as precárias condições de vida provocadas por sua economia incipiente; e o fator físico foi o terremoto lá ocorrido em 2010, que ocasionou milhares de desabrigados. 
b) A razão pela qual os haitianos optam por utilizar as fronteiras do Peru para adentrar no Brasil é a fiscalização migratória precária e ineficaz. O fator físico que explica a opção de entrada pelo Peru e chegando ao Acre deve-se à presença de rodovias que facilitam a chegada dos haitianos ao centro-Sul do Brasil, ou ainda à densa floresta equatorial que torna as fronteiras vulneráveis.

06 - 
a) O processo de formação da rocha na fase III, sedimentar, tem sua origem na deposição de sedimentos provenientes de outras rochas pré- existentes ou de origem orgânica. Como exemplos, podemos citar a argila, a areia, o arenito, o calcário. Já a fase VIb refere-se às rochas magmáticas extrustivas, cuja formação ocorre pela solidificação quase que imediata do material magmático em contato com a atmosfera, como por exemplo o basalto. b) Citamos como exemplos da formação de rocha sedimentar o arenito do Planalto Ocidental Paulista. Já a rocha magmática extrusiva no estado de São Paulo surge nas bordas orientais das cuestas basálticas da depressão periférica.

Fonte: Curso Objetivo.

diversas GEO questões provas e vestibulares

1. UNESPAR  2016/2017 - Embora a globalização tenha se intensificado após a Segunda Guerra Mundial, ela é continuidade do processo histórico de mundialização do capitalismo, que vem desde a expansão marítima europeia. Sobre a Globalização é INCORRETO afirmar que: 

I. A Revolução Técnico Científico-Informacional acelerou o processo de globalização. 
II. A globalização atinge todas as pessoas do planeta da mesma forma. 
III. Com a intensificação do processo de globalização, está se reduzindo as particularidades culturais dos diferentes povos da Terra. 
IV. O processo de globalização tem contribuído intensamente para resolver problemas como a precarização do trabalho, a exclusão social e o desemprego em todos os lugares do mundo. 
V. A globalização aumentou a influência do Estado-Nação como poder regulador da vida econômica e social nos diferentes países do mundo. 

A alternativa CORRETA corresponde as proposições: 

a) I, II e IV; 
b) I, III e V; 
c) II, III e IV; 
d) II, IV e V; 
e) III, IV e V

2. UNESPAR  2016/2017 - A decisão tomada, em junho de 2016, pela população do Reino Unido, em sair da União Europeia ocorreu em meio a um intenso debate sobre xenofobia, terrorismo, racismo e identidade nacional. 


Sobre a xenofobia, terrorismo e racismo, assinale a alternativa INCORRETA:

a) A xenofobia é aversão ao imigrante por parte da população do país que o acolheu. Nas últimas décadas, os europeus passaram a se sentir ameaçados em relação ao seus empregos, educação, saúde e também nas percepções de segurança e de identidade cultural; 
b) Não existe uma única definição nem uma única forma de terrorismo. No entanto, atualmente, o terrorismo é entendido como uma forma de ameaça sistemática às sociedades por meio de atos de violência. Com o declínio do grupo terrorista Al Qaeda emerge entre as correntes muçulmanas radicais o grupo terrorista denominado Estado Islâmico. Estes últimos rejeitam os valores e o estilo de vida ocidental como, a democracia e as liberdades individuais, além da opção de orientação sexual; 
c) Em 2016 os Europeus sofreram um grande atentado terrorista em que o autor se declarava adepto do separatismo. O atirador invadiu uma boate gay lotada no Reino Unido e matou mais de 50 pessoas, utilizando armas automáticas de grande poder de fogo. Antes de disparar, advertiu a polícia que o fazia em nome do IRA (Exército Republicano Irlandês); 
d) O racismo difere da xenofobia pois não trata da nacionalidade do imigrante como fator de oposição ou distinção. No racismo são ressaltados os aspectos físicos do indivíduo, tais como a cor da pele, o tipo do cabelo, entre outros; 
e) Durante o período da Guerra Fria, o terrorismo adquiriu dimensão internacional. Grupos terroristas de diversos matizes ideológicos foram formados em vários continentes. Na maioria dos casos, esses grupos eram apoiados ou pelos Estados Unidos ou pela URSS.

3. UVA - 2018.1 - Analise as afirmativas abaixo e escreva V nas frases verdadeiras e F nas falsas: 

( ) O século de ouro da Geografia foi o XIX, graças às contribuições das escolas geográficas da Alemanha e da França. 
( ) Explicar as causas e as consequências dos fenômenos geográficos estudados e uma aplicação do principio da causalidade. 
( ) Definir, delimitar, dimensionar e localizar os acidentes ou fenômenos geográficos estudados e a aplicação do princípio da extensão. 
( ) Friedrich Ratzel, o alemão, defensor do determinismo geográfico, é considerado o criador da Antropogeografia. A sequência correta, de cima para baixo, é: 

a. ( ) V-V-V-V. 
b. ( ) F-V-V-F. 
c. ( ) F-F-V-V. 
d. ( ) V-F-F-F. 

4. PUCRS 2017 - No início da década de 2000, o economista Jim O’Neill apresentava ao mundo o termo BRICS, idealizado a partir de um estudo intitulado: “Construindo uma melhor economia global”. O termo é formado pelas iniciais de Brasil, Rússia, Índia, China e, a partir de 2011, as da África do Sul. A sigla tem a função de delimitar os países emergentes capazes de se aproximar, se igualar ou, até mesmo, ultrapassar tradicionais potências econômicas mundiais.

Sobre os BRICS, NÃO se pode afirmar que 

A) a sigla se refere a um grupo de cinco países que apresentam características socioeconômicas similares, tais como significativo índice populacional, aumento da participação no comércio internacional e consideráveis desigualdades sociais. 
B) a extensa área territorial e os recursos naturais disponíveis são características físicas comuns aos países do BRICS. 
C) constituem um bloco econômico que, com tratados registrados e pactos reconhecidos, busca uma redução tarifária comercial, bem como a redução de custos alfandegários e aduaneiros. 
D) trata-se de um agrupamento não formal de países que busca, sem burocracias, estabelecer um canal de trocas mútuas entre os membros que o compõem. 
E) os acordos firmados entre os cinco países visam arrecadar fundos, através de mecanismos financeiros, para promover obras ligadas à infraestrutura nas nações envolvidas.

5. Albert Einstein 2018 - A crise financeira e econômica iniciada entre 2007-2008, nos Estados Unidos, chegou a ser classificada por alguns economistas como a crise mais grave desde 1929. Podemos afirmar que as causas dessa grave crise estavam relacionadas a: 

a) estratégias do governo americano para salvar bancos que estavam enfrentando sérios problemas de ordem financeira. 
b) depauperação das finanças públicas do país em função de investimentos feitos nos setores sociais. 
c) efetiva expansão dos financiamentos a juros baixos feitos para aquisição de bens imobiliários, que se mantinham desde 2000. 
d) cobrança de elevados impostos sobre vários setores importantes da economia norte-americana.

6. Albert Einstein 2018 - Observe o cartograma abaixo e escolha a alternativa que trata de sua temática:
a) O cartograma refere-se à divisão regional formulada por Milton Santos e Maria Laura Silveira em 1999. Considerou-se para essa proposta: a quantidade de recursos tecnológicos avançados, o volume de atividades econômicas modernas em áreas financeiras e o papel da agropecuária em relação à mecanização e à integração com a indústria. 
b) A Região Concentrada diz respeito a uma área no território brasileiro onde, apesar da alta taxa de urbanização e concentração de serviços, não congrega o centro de decisões econômico-financeiras do país. Es - se papel não está centralizado em um único ponto, está disperso pelas mais importantes capitais brasileiras. 
c) A Região Centro-Oeste caracteriza-se pela intensa produção agropecuária pouco integrada à economia globalizada. O uso de tecnologia nessa região limita-se às atividades comerciais em centros urbanos. Trata-se de um dos pontos de grande geração de empregos e absorção de uma mão-de-obra jovem. 
d) A Região Amazônica é marcada pela baixa densidade demográfica, ao mesmo tempo que utiliza recursos tecnológicos de ponta. O potencial de exploração dessa região está na agricultura comercial e na pecuária de corte. Tais atividades são favorecidas pelo relevo plano e abundância de áreas disponíveis.

Gabarito:

1:D
2:C
3:A
4:C
5:C
6:A

terça-feira, 4 de setembro de 2018

Exercícios sobre a Rio+20 - com gabarito

Exercícios sobre a Rio+20 - com gabarito

Questão 01 - VUNESP - 2012 - SPTrans - A Conferência Rio+20, realizada na cidade do Rio de Janeiro, de 13 a 22 de junho de 2012, mobilizou a atenção de segmentos da sociedade nacional e internacional. O seu foco principal foi a discussão sobre
(A) a paz mundial.
(B) a violência urbana.
(C) o desenvolvimento sustentável. 
(D) a crise do capitalismo Ocidental.
(E) o comércio entre as nações.

Questão 02 - CESGRANRIO - 2012 - A Rio+20 figura como um cenário-chave para o reordenamento discursivo e geopolítico global, em que – sob o rótulo de economia verde – se discute a consolidação dos mercados financeiros a partir da natureza, o maior controle empresarial dos recursos naturais e a legitimação do uso de novas tecnologias de alto risco, como nanotecnologia, biotecnologia, biologia sintética e geoengenharia. RIBEIRO, S. As novas fronteiras da mercantilização da natureza. Le Monde Diplomatique Brasil, ano 5, n. 53, dez. 2011. Suplemento especial, p.10. Adaptado. A Conferência das Nações Unidas Rio+20 tem especificamente como tema central a
(A) revisão do conceito de desemprego estrutural
(B) cooperação regional de economias emergentes
(C) metodologia europeia de unificação de moedas
(D) proposta inovadora de desarmamento planetário
(E) noção atualizada de desenvolvimento sustentável

Questão 03 - FGV - 2013 - MPE-MS - O documento final da Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável, também conhecida como Rio +20, foi intitulado simbolicamente “O futuro que queremos". Sobre essa conferência e seus resultados, assinale a afirmativa correta.
(A) O tema dos oceanos e da poluição marinha foi excluído do documento final, em função da pressão dos setores da indústria pesqueira da China e do Brasil.
(B) O documento reafirma o princípio de “responsabilidades comuns porém diferenciadas", pelo qual os países desenvolvidos têm maior responsabilidade sobre os impactos ambientais do que as nações pobres. 
(C) A Conferência estimulou as economias de alto carbono ao estabelecer prazos mais longos para a redução da emissão de gases poluentes e para o uso de fontes alternativas de energia.
(D) A Rio +20, diferentemente da Rio 92, separou o estabelecimento de uma economia sustentável dos temas da agenda social, como os direitos humanos e a erradicação da pobreza.
(E) O encontro estimulou a adoção de medidas rumo a uma “economia verde", entre as quais a criação de um fundo para subsidiar o uso de fontes de energia renováveis.

Questão 04 - CONSULTEC - 2013 - IPAC-BA - Uma das frases mais ouvidas na Cúpula dos Povos [Rio+20] era, justamente, que resta agora a Rio+40. Para os movimentos e entidades, de 1992 até hoje, não houve muitos avanços concretos na política ambiental. “Há 20 anos, o Fórum Global, também realizado no Aterro do Flamengo, denunciou os riscos que a humanidade e a natureza corriam, com a privatização e o neoliberalismo. Hoje afirmamos que, além de confirmar nossa análise, ocorreram retrocessos significativos em relação aos direitos humanos já reconhecidos. A Rio+20 repete o falido roteiro de falsas soluções defendidas pelos mesmos atores que provocaram a crise global. À medida que essa crise se aprofunda, mais as corporações avançam contra os direitos dos povos, a democracia e a natureza, sequestrando os bens comuns da humanidade para salvar o sistema econômico-financeiro”, denuncia a declaração final da Cúpula. (UMA DAS..., 2012, p. 15). A Rio+20 (Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável) envolveu uma série de conclusões, entre elas,
a) o fato de a temática da conferência ser restrita aos aspectos exclusivamente ambientais.
b) a de uma avaliação positiva, pelos ambientalistas, das mudanças ocorridas desde a Eco-92 e das resoluções da Rio+20. c) a da constatação de que a ampliação dos direitos humanos tem impactado, de forma negativa, o ambiente e os direitos dos animais.
d) a de que o excesso das privatizações e o neoliberalismo são os responsáveis pelas catástrofes naturais e pelas mudanças climáticas.
e) a de que os interesses econômicos e financeiros das grandes corporações têm sido um obstáculo para a adoção de medidas eficazes para se alcançar um equilíbrio socioambiental

Questão 05 - FCC - 2016 - Prefeitura de Teresina - PI - Durante a realização da Conferência Rio + 20, em 2012, foi estabelecido o “Tratado de Educação Ambiental para Sociedades Sustentáveis e Responsabilidade Global” reconhecendo o papel central da educação na formação de valores e na ação social. Estabeleceu como princípios que a educação ambiental
I. deve ter como base o pensamento tradicional, em determinado lugar, em seu modo formal, promovendo a conservação da sociedade.
II. tem o propósito de formar cidadãos com consciência local e planetária, que respeitem a autodeterminação dos povos e a soberania das nações.
III. é neutra e não ideológica. É um ato apolítico mas crítico em todas as suas dimensões.
IV. deve estimular a solidariedade, a igualdade e o respeito aos direitos humanos, valendo-se de estratégias democráticas e da interação entre as culturas. 
Está correto o que consta APENAS em
(A) I, II e III. 
(B) I e III.
(C) II e IV. 
(D) I e IV.
(E) III e IV.

Questão 06 - SIGMA RH - 2013 - No dia 13 de junho de 2012 começou a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável. Foi a maior já realizada pelas Nações Unidas, com mais de 50 mil participantes entre líderes de governo, sociedade civil e mundo empresarial. Dia 22 de junho de 2012 o evento chega ao fim, com resultados tidos como pouco ambiciosos, mas de consenso. O nome dessa conferência é:
a) Eco2012.
c) Planeta Sustentável.
b) EcoRio.
d) Rio+20.

Questão 07 - ESAF - 2012 - MI (adaptada) - A questão ambiental entrou na agenda do mundo contemporâneo, notadamente a partir do fi m da Segunda Guerra Mundial. A Organização das Nações Unidas (ONU) organiza ou chancela encontros globais para a discussão mais aprofundada do tema, a exemplo da Eco- 92, ocasião em que se elaborou a Agenda 21. Em 2012, o Brasil sediou mais um desses fóruns mundiais, dedicado ao desenvolvimento sustentável e ao combate à pobreza, conhecido como:
 Vida e Natureza.
b) Planeta Sustentável.
c) Amazônia Verde.
d) SP 2012.
e) Rio+20.

Questão 12 - CESGRANRIO - 2013 - BNDES - O texto abaixo, de Frei Betto, foi publicado pouco antes do evento Rio+20. Em junho, o Brasil abrigará, no Rio, a Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável (Rio+20). Paralelo ao evento oficial, haverá a Cúpula dos Povos, que congrega os movimentos sociais e ambientais. A disputa será entre a “economia verde”, defendida pelos arautos do neoliberalismo e a “economia solidária”. [...] Constata a ONU que, embora tenha havido melhoria nos itens saúde e educação, comparados às décadas anteriores, ainda hoje cerca de 900 milhões de pessoas carecem de acesso à água potável, e 2,6 bilhões não dispõem de saneamento bá- sico [...]. Revista Caros Amigos. São Paulo: Abril. v. 16, n. 181, 20 abr. 2012, p. 16. A disputa a que o texto faz referência deve-se ao fato de os defensores da “economia solidária” acreditarem que não haverá preservação ambiental sem a adoção de medidas eficazes de 
(A) combate à corrupção dos políticos na esfera do poder municipal 
(B) alavancagem do aumento do volume produtivo do setor industrial 
(C) implementação de políticas agrárias para a produção de exportação 
(D) crescimento potencial energético com construção de novas hidrelétricas 
(E) superação do atual modelo de desenvolvimento predatório de distribuição desigual da riqueza

Questão 09 - IMAM - 2012 - Prefeitura de Lavras - MG - Vinte anos após a Cúpula da Terra, realizada no Rio em 1992, a Rio+20 será mais uma oportunidade de refletir sobre o futuro que queremos para o mundo nos próximos vinte anos. (http://www.rio20.info/2012/noticias-2/o-que-e-a-rio20. Acessado em 23/06/2012). Sobre a conferência Rio+ 20, é CORRETO afirmar que 
A ( ) nessa conferência, líderes mundiais, milhares de participantes do setor privado, ONGs e outros grupos se reuniram na intenção de discutir como é possível reduzir a pobreza, promover a justiça social e a proteção do meio ambiente. 
B) ( ) esta foi uma oportunidade histórica para refrear idéias que possam promover um futuro sustentável com mais postos de trabalho, com fontes de energia limpa, com mais segurança e com um padrão de vida decente para todos. 
C) ( ) tratou-se de mais um dos encontros mundiais sobre o desenvolvimento sustentável do nosso tempo, sem grande importância, objetivos ou maiores implicações políticas, diplomáticas e sociais para os países desenvolvidos ou em desenvolvimento. 
D) ( ) o objetivo principal da Conferência foi de não assumir o compromisso político com o desenvolvimento sustentável, tendo em vista a não relevância da avaliação das lacunas na implementação das decisões adotadas pelas principais cúpulas sobre o assunto.

Questão 10 - FCC - 2013 - SEFAZ-SP - O documento O futuro que queremos, aprovado pela Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio +20), realizada no Rio de Janeiro em junho de 2012, propõe, entre outras medidas, 
(A) fortalecer e modernizar o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), reconhecendo-o como autoridade na definição de uma agenda global nessa área. 
(B) aumentar, progressivamente, a liberação de hidrofluorcarbonos (HFCs), a fim de tornar mais espessa a camada de ozônio que protege a Terra das radiações solares. 
(C) investir no ecoturismo e facilitar o microcrédito para moradores de comunidades dotadas de belezas naturais, excetuando dessa iniciativa os povos indígenas. 
(D) coibir a aquicultura, na medida em que compromete os sistemas marinhos naturais, põe em risco a saúde dos pescadores e afeta a segurança alimentar da população. (E) promover a gestão sustentável dos resíduos, por meio da aplicação do sistema de qualidade dos “5 esses”: senso de utilização, senso de arrumação, senso de limpeza, senso de saúde e senso de disciplina.

Questão 11 - FCC - 2012 - AL-SP - Em junho de 2012 ocorreu, na cidade do Rio de Janeiro, a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável − a Rio+20. Para boa parte dos presentes, o resultado da reunião 
(A) reafirmou o compromisso das grandes potências com a redução das emissões de gases do efeito estufa, como foi o caso dos Estados Unidos. 
(B) foi considerado insatisfatório porque o documento final não apresentou avanços concretos para a resolução dos problemas ambientais. 
(C) destacou a necessidade de instituições, como o Banco Mundial e o FMI, passarem a ser gerenciados por representantes dos países emergentes. 
(D) modificou o status dos países em desenvolvimento que passaram a comandar as políticas ambientais nas Nações Unidas. 
(E) foi um avanço para a resolução de questões ambientais porque recuperou as propostas elaboradas do Protocolo de Quioto.

GABARITO
01 - C
02 - E
03 - B
04 - E
05 - C
06 - D
07 - E
08 - E
09 - A
10 - A
11 - B